Jornal Atitude - Notícias & Entretenimento

Terça-feira, 23 de Julho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Regional

MULHER RESGATADA APÓS MESES DE TORTURA EM MACATUBA

Polícia Civil resgata mulher em cárcere privado após quatro meses de tortura em Macatuba

Jornal Atitude
Por Jornal Atitude
MULHER RESGATADA APÓS MESES DE TORTURA EM MACATUBA
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Na manhã desta sexta-feira (26), um cenário de horror foi desvendado pela Polícia Civil em Macatuba. Após uma angustiante provação de quatro meses, uma mulher de 27 anos foi resgatada de um cativeiro na Vila do Saber, onde foi submetida a abusos físicos e psicológicos enquanto era mantida em cárcere privado pelo próprio companheiro, um jovem de 22 anos, agora sob custódia policial.

 

A vítima, cuja identidade é mantida em anonimato para proteção, foi mantida em condições desumanas na presença de seu filho de apenas 8 anos. Dia após dia, ela enfrentava uma tortura incessante, sujeitada à violência física e psicológica pelo seu agressor, cujo controle sobre ela era absoluto. Os relatos revelam que o cárcere era tão sufocante que a vítima perdeu cerca de 20 quilos durante o período de reclusão, vítima da desnutrição imposta pelo agressor.

Publicidade

Leia Também:

 

A operação de resgate, que contou com a participação do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Bauru, foi meticulosamente planejada e coordenada pelo delegado Richard Serrano, titular de Macatuba. Enfrentando o desafio de resgatar a vítima sem comprometer sua segurança, a equipe policial teve que enfrentar o perigo adicional de um possível armamento na casa, monitorada pelo agressor através de câmeras de vigilância.

 

Segundo informações reveladas pela investigação, o agressor tentou instilar o medo e o controle absoluto sobre a vítima, alegando suspeitas infundadas de infidelidade durante seu período de reclusão. Controlando as chaves e o acesso ao exterior, ele impedia qualquer tentativa de fuga, enquanto usava a privação de alimentos como meio de coação, forçando-a a confessar supostos envolvimentos com outros homens.

 

A situação atingiu um ponto crítico quando a família da vítima descobriu o cárcere, retirando o neto da casa. Mesmo após a visita ao médico, onde foi diagnosticada com desnutrição, a vítima foi forçada a retornar ao cativeiro. Somente com a intervenção corajosa da Polícia Civil foi possível interromper esse ciclo de violência.

 

Durante a operação de resgate, o agressor tentou desesperadamente evitar a entrada das autoridades, utilizando a própria vítima como barreira humana. Sua tentativa de destruir evidências, incluindo drogas, foi frustrada pela intervenção rápida e eficaz dos policiais, que conseguiram capturá-lo em flagrante delito.

 

O agressor, cujas ações desumanas chocaram a comunidade local, foi detido e agora aguarda julgamento, enfrentando uma série de acusações que refletem a gravidade de seus crimes. Enquanto isso, a vítima está recebendo tratamento médico e apoio psicológico para se recuperar dos traumas infligidos, marcando um novo começo após meses de terror e sofrimento nas mãos de seu agressor.

 

Marcos Xavier

Jornalista do Povo

Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )